Do site Terra:

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou aos centros de vigilância sanitária de todos os Estados e municípios brasileiros que fiscalizem em todo o País as filiais da empresa Sterimed, que foi fechada porque esterilizava materiais descartáveis e tinha produtos com prazo de validade expirado desde 2007. A recomendação, emitida na quarta-feira, foi motivada por um alerta feito pela vigilância sanitária estadual de São Paulo. Inicialmente, a assessoria da Anvisa informou que o alerta era para todas as empresas que prestam serviços de esterilização de materiais hospitalares, mas retificou a informação.

Em fiscalizações realizadas nos dias 15 e 16 de fevereiro, a vigilância sanitária paulista encontrou diversas irregularidades na Sterimed Cedral Serviços de Esterilização, localizada no município de Cedral, a 443 km de São Paulo. Segundo o órgão, a empresa fazia reprocessamento indevido de materiais hospitalares de uso único.

As blitze foram motivadas por denúncias de que, durante a noite, a empresa fazia o reprocessamento de materiais médicos que não poderiam ser reaproveitados. A Sterimed era responsável pelo trabalho de reprocessamento e esterilização de produtos médicos de diversos hospitais do Estado de São Paulo e também de outros Estados, como Minas Gerais.

 

Comentário: eu não consigo entender que a recomendação de fiscalização se limite à Sterimed e suas filiais. É razoável que esta empresa, alvo de denúncias relevantes, receba prioridade nas visitas. No entanto, a população dormiria muito mais tranquila sabendo que há um cronograma para efetiva vigilância em todas as empresas do ramo. Isso reforça a cultura brasileira de que as autoridades só saem da inércia quando provocadas por denúncias na mídia. Para quem não conhece a legislação, é importante saber que as regras para reprocessamento de produtos para a saúde valem desde agosto de 2006. O sumário está aqui, com os links para a RDC 156/06. A lista de produtos cujo reprocessamento é proibido, apelidada carinhosamente de “lista negra”, está aqui.

— Luis Fernando Waib

Be Sociable, Share!

Tags: , , , , , ,

Veja Também:
Fatal error: Call to undefined function related_posts() in /home/httpd/vhosts/abih.net.br/httpdocs/wp-content/themes/gm/single.php on line 52