Publicado no ICHE em jan/2013:

 

Um estudo publicado no periódico ICHE (jan/2013) procurou determinar a taxa de contaminação de hemoculturas colhidas após antissepsia com PVPI 10% aquosa, PVPI 2% tintura e Clorexidina 2% alcoólica. O estudo analisou amostras coletadas entre maio e setembro de 2009, um total de 12.904 conjuntos de amostras.

A taxa de positividade foi de 5,7% (735), sendo destes, 13,3% contaminadas (98), o que representou 0,76% do total de amostras coletadas.

A taxa de contaminação não diferiu entre os agentes antissépticos analisados (PVPI aquoso 0,58%; PVPI tintura 0,76%; Clorexidina alcoólica 0,93%)

A conclusão é que a escolha do antisséptico não influenciou as taxas de contaminação, e deveria, portanto, ser baseada no custo ou na preferência da instituição.

Veja o abstract e acesse o artigo na íntegra aqui.

[Luis Fernando Waib]

Be Sociable, Share!

Veja Também:
Fatal error: Call to undefined function related_posts() in /home/httpd/vhosts/abih.net.br/httpdocs/wp-content/themes/gm/single.php on line 52