A ANVISA lançou nessa última quarta-feira dia 17 de Abril de 2013, a Nota Técnica No. 01/2013 que trata de: MEDIDAS DE PREVENÇÃO E CONTROLE DE  INFECÇÕES POR ENTEROBACTÉRIAS MULTIRESISTENTES.

“A resistência a carbapenêmicos em enterobactérias é um grave problema de saúde pública de âmbito mundial, particularmente pela elevada mortalidade e pelo reduzido número de opções terapêuticas. Algumas publicações evidenciam taxas de mortalidade em 30 dias em 40% a 50%. Dentre os mecanismos de resistência aos carbapenêmicos (doripenem, ertapenem, imipenem e meropenem) a produção de carbapenemases, seja por sua eficiência hidrolítica, pela sua codificação por genes localizadosem elementos genéticos móveis como plasmídios e transposons, ou pela sua rápida disseminação em âmbito mundial, tem o impacto mais significativo na saúde humana.”

O documento é bem abrangente abordando desde de recomendações relacionadas à assistência ao paciente colonizado/infectado, até às práticas de laboratório de microbiologia específicas para detecção de carbapenemases nas diversas bactérias.

Não deixem de ler o documento e estar atento às recomendações da ANVISA para a prevenção e controle desse grave problema!!

Você poder acessar aqui – NOTA TÉCNICA 01/2013 – ENTEROBACTÉRIAS MULTIRRESISTENTES

                                                                                  Kátia Costa

Be Sociable, Share!

Tags:

Veja Também:
Fatal error: Call to undefined function related_posts() in /home/httpd/vhosts/abih.net.br/httpdocs/wp-content/themes/gm/single.php on line 52